domingo, 1 de novembro de 2009

Do Novembro...


O primeiro dia de novembro me desperta com sol, os raios solares ardem meu rosto, eficiente despertador natural.


Vi vinte e sete novembros em minha vida, nasci em um novembro em flor, o mês que me deu boas vindas é até hoje meu companheiro, voltando todo ano para me acordar com sol na cara. Se eu tivesse que escolher, morreria em novembro, o mês que me abriu as portas da vida trate de me abrir as portas para a morte, mas que seja o 80º novembro o da minha despedida, ainda quero vê-lo em esplendor, comemorar seu nascimento nu em minha cama, quero vê-lo sendo primavera, ou outono, quero mostrá-lo a minha sobrinha e contar a ela os seus segredos.


Até quando durarão meus novembros? Pergunta que nunca me persegue, porém, sempre se insinua.


Nasci no dia 11 do mês onze, ás 11:45 da noite, meu nome foi escolhido, o nome de outro, o nome do patriarca da família de minha mãe, Sr. Nivaldo Vasconcelos, acrescentaram o Neto ao final, para lembrar-me o lugar de cria nova, porém não sabiam que ao tentar me marcar como efígie do homem que é meu avô, me deram, numerologicamente, outro 11! Piada cósmica. E assim me tornei um nivaldo único, marcado pelo significado de um nome emprestado (Nivaldo significa “aquele que governa com ira”) e apropriadamente proclamado com o número do meu mês!


Eu e novembro temos um flerte antigo, o escorpião no céu, imóvel, foi a primeira constelação que vislumbrei, era ele que me aguardava no firmamento quando se deu o parto simples de minha mãe e que ditou secretamente minha cabeça escorpiana, me deu veneno e antídoto. Aprendi muito cedo a alquimia de destilar.


Mas isso é de se esperar para um filho de novembro!


Seja bem vindo mês amado.

10 comentários:

Dil Santos disse...

Bom dia Nivaldo, como está?
Novembro é uma mês massa, eu gosto dele, não tanto como gosto de Agosto, que é o meu mês.
Eu quero morrer depois dos 100, com um corpinho de 60 kkkkkkkk
Niver tá chegando heim? rs
Abraços querido
;)

Sr. Stahl disse...

Novembro é realmente um mês intenso, potente, parece que as vezes vai engolir o ano inteiro. Antecede o moroso outubro, precede o agitado dezembro.
Que bom que lembras de quando e como nascestes. Lembrar-se de onde veio também é um meio de se saber para onde vai.
Schopenhauer já dizia:
"A vida que vives é a que vai tecendo tua morte..."
Acho que, como escritor, artista e tanto mais, tua tecitura anda bem rica; bordados, brocados e linhas em seda fina. Sabes que escorpiões são da família dos aracnídeos?
Je t'embrace, tout les jours, mon chère amie.
Sr. Stahl

Lacobos disse...

Adorei as correlações numéricas e as danças das palavras.

Uacht!

http://dadonanet.blogspot.com

Clarissa B. disse...

Eu já dei meu presente... heheheh...

Falta só o da caixinha né??

Ah claro claro... só pessoas especiais nascem em 11/11...

Amo.

. marina . disse...

Baby! Passei por aqui antes e tentei comentar antes, mas não sei o que aconteceu que meu comentário foi cortado! De todo modo, adorei o blog!! Mas já sabia que não seria de outra forma. Adoro suas palavras e ideias! Não esperava nada diferente de vc, escorpiano! Ah, e vc jamais será comum! ;p

;*****

Anônimo disse...

Niva,
Não sabia que vc dormia ao ar livre (provavelmente na práia) pra tá sempre acordando com o sol na cara. Achei muito morbido vc querer morrer aos 80 anos nú em uma cama, logo me veio a imagem de uma velhinho em uma cama de UTI.
Tenho certeza que esses seus pensamentos se deram pela falta da torta de limão, devia ter vindo.









Brincadeira, adorei o que vc escreveu. Beijão


MILA

Sal disse...

dooooooooooce novembro!!!

sou virginiana com ascendente em escorpião... a minha personalidade é mais escop~ianina do que virginiana, na verdade... acho que por isso também adoro novembro!!

e agora, contagem regressiva pra o dia 11...

bjo

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Oba! Daqui a pouco tem aniversário!!!!

Tô me jogando na Mostra Internacional de Cinema, baby. Vc ia adorar. Que tal dar um pulo por aqui nessa época no ano que vem?

Beijos,

Bela - A Divorciada

Sentimental ♥ disse...

amor antigo né?
gostei da forma como descreveu sua relação com novembro e com o 11.
bjs

D i c a disse...

Em novembro comemoramos o dia dos mortos, tem uma coisa de mórbido nisso. Mas, tem tbm alguma coisa de divino, aqui, o mês de novembro faz sempre dias bonitos e frescos.
Só não é melhor que o mês de fevereiro.


=)
beijos!