sábado, 28 de novembro de 2009

Liqüidar

Este é meu presente para os que necessitam de água, esta energia mutável e profunda... Principalmente para C., peixe que agora precisa ser pássaro...
Peguei minha máquina e fui andar na beira da praia tentando encontrar a água tão necessitada, isso foi o que eu vi, capturei (ou tentei, a água é fugidia) e agora entrego...

ps: Abra as fotos e tente se imaginar nadando, livre neste mar...






8 comentários:

C. disse...

peguei a pequena barca, mergulhei no fundo, deixei as lágrimas se misturarem ao sal da água, oferecendo á Dama das Águas. Voltei, subi na barca, voltei a beira, beijei o chão, olhei pro céu, te dei a mão, abri as asas, voei então...

Oh, querido, obrigado, de verdade! isso me fez um bem enorme!
Une grand bisou!
C.

Clarissa B. disse...

Que lindas fotosss....

Posso nadar também???

Beijos amore...

C. disse...

Só se sair voando junto depois! daí é mais divertido!

Dil Santos disse...

Oi Nivaldo, tudo bem com vc?
Menino que fotos lindas, me deu uma vontade de estar num lugar desses agora,rsrs.
Obrigado pelas lindas palavras, fico super feliz por isso.

Abraços
:)

Sentimental ♥ disse...

eu amo a tua cidade, saudades daí.
bjs

SAL disse...

preciiiiiiiiiso ir a Maceió!!!

se bem q eu nem preciso olhar nos seus olhos e nem nos de Clarissa, pra saber que se tratam de duas pessoas especias!!!

obs.suas letras me fazem muito bem sempre, e hj, especialmente HOJE, suas imagens me preencheram a alma!

bjo

vida cotidiana disse...

Vive o momento em um mar imenso, azul e cristalino, nele afundei todas as lembranças ruins e saí renovada.

Patrícia Costa disse...

Que imagens lindas!!! inspiradoras!! amei...

Abraço!