sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

01.01.10

Em anos seguidos de crises, guerras, Gugu e Faustão em dias de domingo... E as outras desgraças, acredito que com a esperança renovada de uma data como os tão cordiais e azuis “primeiros de janeiros”, nada mais justo que falar sobre o slogan da rede de supermercados Pão de Açucar: “O que faz você feliz?”
A partir da tal pergunta se abre um leque de itens e sub-itens para focar no que seria essa tão perseguida (ei, sem maldade! Tenha Jesus no coração e pare de rir que esse blog aqui não é aquele não, e merece respeito!) felicidade!
Pois bem, acredito que cada cabeça é mesmo uma sentença, e cada coração sabe os causadores de sua aceleração! Mas eu ouso dizer que todos nós, guardadas as devidas proporções, enquanto corremos desembestadamente atrás da felicidade, muitas vezes, estamos inconscientemente fugindo dela.
Dinheiro? Amor? Paixão? Reciprocidade? Família? Amigos? Estabilidade? Sossego? ... Não importa o que deixa sua alma mais leve, a base dessa alegria e dessa satisfação que chamamos de “felicidade”, consiste no amor próprio.
Talvez, o amor mais difícil do mundo seja o “amor a si mesmo”! Essa felicidade depende muito do que descobrimos em nós e não das expectativas que colocamos no que apenas faz parte de nossas vidas!
Longe de mim ter a pretensão de saber muito sobre o que é , ou como se tem, ou onde se mantém a felicidade... mas prefiro acreditar que ela está comigo hoje! E eu posso vê-la e senti-la nos detalhes de um dia qualquer, como hoje!
E eu não aconselho ninguém a fazer o jogo do contente querendo ser Polyana, e sim refletir sobre a carência do mundo e sobre as expectativas que todos temos em relação à vida que nos impede de prestar atenção aos sinais que recebemos todos os dias. Porque o Universo não nos envia exatamente aquilo que queremos, mas talvez aquilo que precisemos sem que ainda tenhamos nos dado conta disso.
Com isso, fica meu desejo que a partir desse 01/01/2010 (lindinha essa data né?!) o nosso olhar consiga enxergar os momentos de alegria que temos nas coisas e pessoas que nem sempre damos a importancia que merecem!
FELIZ ANO TODO!
Sal

4 comentários:

Sentimental ♥ disse...

hum, belo post pra começar o ano.
eu acho q felicidade é o conjunto de pequenos momentos e detalhes, não é nada grandioso demais...
bjs

Clarissa B. disse...

Amigooooo... tô chegando pra te dar um abraço apertadoo...

Bjo...

mulherpolvo disse...

AMÉM!!

Nivaldo Vasconcelos disse...

Especial! Esta data é especial como suas palavras. Amei o post e me sinto honrrado de recebê-la aqui hoje e sempre, muito obrigado.