sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O que conta minha pele


A pele como receptáculo de emoções, o corpo se abre expondo entranhas emocionadas, tendões pulsantes em vermelho vibrante que se preenchem com o tom amarelo dos teus olhos que me observa em total despojamento.

Olha-me nos olhos e deixa este olhar descer pelo meu corpo vagarosamente, e eu, despudorado, exibo o arrepio da pele, os poros eretos prontos para a conquista do seu corpo. Exploração tátil, minha pele aprende a sua, e através de nosso suor salgado deslizo em aprendizado erótico.

Quando se abre para mim, despejo meu corpo sobre o seu e exultante gozo!

A memória da epiderme ainda percorre a espinha dorsal e me conta uma história deliciosa!

7 comentários:

mulherpolvo disse...

textura de pele arrepios de pelos... Ô delícia!!
Minha pele também saboreia a memória da noite passada, boa demais!!

Clarissa B. disse...

Ui ui ui amado!!!

Beijos..

SAL disse...

qdo eu parar de suspirar (e de viçar) eu volto pra comentar direitinho!! hahahaha

bjooo

Sr. Stahl disse...

Tua pele conta histórias lindas. Tua pele abre-se e distende-se em palavras ricas que bordam a tapeçaria de teus sonhos... a carne, no fim, ama mais o sensual do que o sexual. Pulsão de vida, abre-se teu corpo gozoso para revelar os mistérios já nem tão secretos de um desejo que se tornou arte. Fazer amor com palavras requer saber tocar e ser tocado...
embraces
C.

Sentimental ♥ disse...

o arrepio é sempre bem vindo.
bjs

Clarissa B. disse...

Só agora vi o clipe.... realmente é o mais louco que eu já vi... hehehe...

Beijo...

sthephany brunelli disse...

Realmente até se Tratando de textos Explicitos Vc se sai Bem com as Palavras..!!
É tbm me Arrepieii com a Descriçào..rs